quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Exposição Solar – O que Você Precisa Saber


A vontade de ficar com a pele bronzeada e bonita. Mas é aí que você se engana: bronzeado bonito e ao mesmo tempo saudável não existe.
O preço que se paga pela beleza passageira do bronzeado é o foto envelhecimento da pele. Este tipo de envelhecimento prematuro, causado pela exposição aos raios ultravioleta (UV), provoca ressecamento, alteração na textura (aspecto de "couro") e rugas na pele, além de outros efeitos indesejáveis.
O bronzeamento causado pelo sol ou pelas câmaras de bronzeamento é um indicador de que a pele foi danificada. Enquanto os sintomas de curto prazo da superexposição ao sol podem incluir queimaduras, bolhas, descamação e bronzeamento, os efeitos a longo prazo incluem um alto risco de câncer de pele.
Você pode aproveitar a vida ao ar livre – Os perigos do sol para a saúde são reais, mas também existem muitos benefícios quando nos expomos ao ar livre, que incluem a produção de vitamina D induzida pelo sol, o ar puro e exercícios que podem ser praticados ao ar livre. A chave está em aproveitar estes benefícios sabendo minimizar os riscos.
Conheça os melhores horários – O sol é mais perigoso entre as 10 e 15 horas, quando os raios são mais diretos. Também há um aumento do risco quando estamos em áreas mais elevadas e em regiões tropicais.
Não confie no seu bronzeado nem na sombra – Ficar na sombra não é garantia contra a superexposição ao sol. A luz é refletida na água, na neve, na areia, em superfícies de prédios ou estradas. Os raios UV também passam através das nuvens e vidros (janelas de carro, por exemplo).

Fonte: farmaciafaustino.blogspot.com

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget