sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Bebê / Alimentação

Frutas: use, abuse e saiba combinar

Ricas em vitaminas, sais minerais, fibras e carboidratos, as frutas alimentam, dão energia, resistência e regulam o funcionamento do intestino. Cada uma com suas características, funções e texturas, todas têm um irresistível sabor de saúde.




A primeira vez

Coloridas, saborosas e nutritivas, entram no cardápio do bebê por volta do sexto mês. Primeiro, ele experimenta o suco de laranja-lima, diluído em água, na mesma proporção. Aos poucos, diminui-se a quantidade de água até o momento de retirá-la totalmente. Depois, é a vez do mamão, maçã, banana e pêra. Amassadas ou raspadas, em forma de papinhas, estas frutas vão apresentar o bebê ao maravilhoso mundo dos doces sabores.


Morango e melão. Por que não?

Nessa fase inicial, os pediatras recomendam evitar melancia, melão e abacate, considerados de difícil digestão, além do abacaxi e do morango, que podem provocar reações alérgicas. As misturas também devem ser deixadas para mais tarde. Assim, o pequeno gourmet poderá identificar os diferentes gostos e definir suas próprias preferências. Alguns bebês estranham os novos paladares e até ensaiam uma rejeição. Mas a mamãe deve insistir um pouco, antes de se convencer de que ele não está gostando mesmo de um ou outro sabor.


Pares perfeitos

Na hora de misturar, atenção às características e propriedades de cada fruta. A banana e a goiaba, por exemplo, prendem o intestino. Juntas, terão este efeito potencializado. Já o mamão e a ameixa soltam. Combinar cítricos, como o abacaxi e a laranja, com leite, causa um excesso de acidez. Assim como utilizar a fruta antes que ela esteja totalmente amadurecida.


Com casca e tudo

Criança pequena pode comer cascas. E, aliás, deve. Elas não interferem no sabor dos sucos e das papinhas e só aumentam seu valor nutritivo. Algumas concentram altas doses de fibras e vitaminas, que não devem ser desperdiçadas. Depois de lavá-las cuidadosamente, bata tudo no liquidificador ou centrífuga, e coe.






Frutas, para que te quero

Abacate - Betacaroteno, vitaminas A, B, C, D, E, proteínas, cálcio, magnésio, fósforo, ferro, potássio. Com alto teor de gordura, é uma das frutas mais energéticas. Regula as funções intestinais.

Abacaxi - Betacaroteno, vitaminas A, B, C, potássio, magnésio, fósforo, cálcio, ferro. Refrescante, ajuda a evitar a desidratação. Rico em fibras, está indicado no tratamento da prisão de ventre e das vias urinárias.

Banana - Vitaminas A, B C, ferro, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, zinco, cobre, iodo, enxofre, manganês, carboidratos. É uma das preferidas dos bebês, pela sua consistência pastosa.

Goiaba - Vitamina C, cálcio, potássio, magnésio, fósforo.

Laranja - Vitaminas A, B C, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio. Aumenta a resistência e regula a função intestinal.

Maçã - Betacaroteno, vitaminas A, B, C, proteínas, sódio, enxofre, ferro, sílico, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, cloro. Cheia de fibras, atua no bom funcionamento do intestino.

Mamão - Betacaroteno, vitaminas A, B, C, cálcio, magnésio, fósforo, potássio. De fácil digestão, auxilia a decomposição das proteínas e, por isso, normalmente é uma das primeiras frutas oferecidas ao bebê.

Manga - Betacaroteno, vitaminas A, B, C, magnésio, fósforo, potássio, sódio, cálcio, ferro, manganês, selênio, zinco. Suas fibras ajudam no funcionamento intestinal.

Morango - Betacaroteno, vitaminas A, B, C, magnésio, fósforo, ferro, potássio, sódio. Muito indicado no tratamento da anemia.

Pêra - Vitaminas A, B, C, E, proteínas, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, ferro, carboidratos, fibras. Suculenta, agrada ao paladar infantil, funcionando como reguladora intestinal.

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget